Cavaco apela ao dinheiro dos emigrantes

Cavaco apela ao dinheiro dos emigrantes

Mensagempor Viriato » Sábado 7 Março 2009, 15:54

Cavaco apela ao dinheiro dos emigrantes

Foi um apelo que fez reviver os velhos tempos do pós-25 de Abril em que as remessas de dinheiro dos emigrantes portugueses eram a tábua de salvação dos Governos dessa época. Em plena crise, ontem, no final da sua visita oficial à Alemanha, o Presidente da República sentiu a necessidade de falar ao coração da diáspora. E a mensagem voltou a ser idêntica à que era feita quase há três décadas.

"Contamos ainda com o investimento de todos quantos se sintam capazes de o fazer. É bem sabido que o contributo dos nossos emigrantes sempre foi muito importante para a vida económica portuguesa. Neste momento difícil, ele assume uma importância determinante. O futuro de Portugal a todos nós diz respeito e sei que Portugal pode contar convosco."


http://ultimahora.publico.clix.pt/notic ... idCanal=12

deve estar a sonhar alto. Que peça o dinheiro àqueles de quem ele é presidente porque que eu saiba, os emigrantes nem sequer têm o direito de o eleger, e que peça também o dinheiro àqueles que tanto mal-tratam os emigrantes quando vêm a Portugal no verão, a começar pelos funcionários públicos que até parece que têm prazer em complicar a vida de quem anda o ano todo a trabalhar no estrangeiro. Os mais jovens, há muito que desprezaram Portugal considerando-o um país atrasado, que vive de novelas e de futebol, e poucos ou quase nenhum envia dinheiro para Portugal, como faziam os pais deles. O dinheiro que ainda entra é mais das reformas do que dos emigrantes actuais, e isso o PR já o sabe, que mais não fosse porque quem vivia à custa do dinheiro do "emigra" já percebeu que a mina de ouro acabou. Milhares de portugueses emigram para Espanha trabalhar nas obras, porque acabou a construção de casas de emigrantes, os vendedores de apartamentos em empreendimentos turísticos há muito que não vêm a cor ao dinheiro do "emigra", isso tudo porque o "emigra" actual, categoria à qual eu pertenço, fartou-se de ser maltratado no verão. Agora chupem no dedo, porque o nosso dinheiro não voltam a ver !
Imagem
Sou capaz do melhor como do pior, mas no pior, sou eu o melhor !
Avatar do Utilizador
Viriato
Manda chuva
Manda chuva
 
Mensagens: 3077
Registado: Segunda-Feira 8 Outubro 2007, 16:38
Localização: Cidade Luz

Re: Cavaco apela ao dinheiro dos emigrantes

Mensagempor XôZé » Sábado 7 Março 2009, 20:39

Viriato Escreveu:deve estar a sonhar alto. Que peça o dinheiro àqueles de quem ele é presidente porque que eu saiba, os emigrantes nem sequer têm o direito de o eleger, e que peça também o dinheiro àqueles que tanto mal-tratam os emigrantes quando vêm a Portugal no verão, a começar pelos funcionários públicos que até parece que têm prazer em complicar a vida de quem anda o ano todo a trabalhar no estrangeiro. Os mais jovens, há muito que desprezaram Portugal considerando-o um país atrasado, que vive de novelas e de futebol, e poucos ou quase nenhum envia dinheiro para Portugal, como faziam os pais deles. O dinheiro que ainda entra é mais das reformas do que dos emigrantes actuais, e isso o PR já o sabe, que mais não fosse porque quem vivia à custa do dinheiro do "emigra" já percebeu que a mina de ouro acabou. Milhares de portugueses emigram para Espanha trabalhar nas obras, porque acabou a construção de casas de emigrantes, os vendedores de apartamentos em empreendimentos turísticos há muito que não vêm a cor ao dinheiro do "emigra", isso tudo porque o "emigra" actual, categoria à qual eu pertenço, fartou-se de ser maltratado no verão. Agora chupem no dedo, porque o nosso dinheiro não voltam a ver !


Reconheço que tens alguma razão mas não a tens toda.

Tens razão quando fazes o manguito ao envio do dinheiro e falas na sobranceria da função publica (de uma grande parte salvo algumas excepções) na forma como lidam com os emigrantes mas a culpa não deve ser imputada apenas aos seus funcionários dado que a bu(r)rocracia é e será sempre criada pela corja governante, do antes e do agora.

Tens também razão quanto ao desprezo dos jovens pelo atraso do País e aí apenas o povo residente é culpado porque continua a votar nos mesmos do costume mas as alternativas são escassas ou inexistentes.

Continuas a ter razão que investir o dinheiro de fora neste País de gatunos é um desperdício, sobretudo com os lambões dos empreendimentos turísticos mas não penso que a generalidade dos emigrantes sejam mal tratados pelos residentes nacionais noutras áreas da sociedade.

Não esqueçamos que muitos emigrantes quando regressam ao rectângulo, vêm com a soberba do desenvolvimento dos países onde trabalham e vivem e pensam que aqui o povão, apesar de atrasado é sobretudo estúpido e os com origem na França, desculpa que te diga, comparativamente a outras origens são de facto os que se distinguem pela sobranceria, ignorância, vaidade e pimbalhada.

Lá na França não é assim...ãããã?... :twisted:
Imagem
Avatar do Utilizador
XôZé
Mouro
Mouro
 
Mensagens: 5218
Registado: Sexta-Feira 12 Outubro 2007, 02:12

Re: Cavaco apela ao dinheiro dos emigrantes

Mensagempor Viriato » Domingo 8 Março 2009, 12:44

comentários no jornal " o Publico "

está tudo dito !


08.03.2009 - 12h58 - asarmaseosbaroesassinalados, Paris
Sim senhor, estamos cheios de nota ! Dolares, euros e o que for preciso. Mas é nosso, foi ganho com muito suor e afastados da terra; da nossa terra ! Deixaram de nos ver e deixamos de la estar. E o esquecimento começou.... . Mesmo assim ainda mandamos para ai uns 7 milhoes de euros por dia para que "outros" possa andar de Mercedes e de BM a 200 km/h nas nossas auto-estradas. E nos ca a bolir!!!! Ahnn ?? Mandar o quê ??? Nem mais um centimo !!! Ou...Sim !! Sim quando nos considerarem como Portugueses que somos, e nunca deixamos de ser; sim quando nos mandarem para ca professores que ensinem a nossa lingua aos nossos filhos (!); sim quando a nossa companhia de aviaçao nos tratar como Portugueses e nao como turistas ( ja viram os preços de uma ida e volta Berlin-Lisboa, Paris-Porto ou Madrid-Porto Tap ??? comparado com os preços qe pagam os açoreanos ou madeirenses com destino ao Continente ?); sim quando pudermos votar em todos os actos eleitorais nacionas e nao como Portugueses de segunda !; sim quando Portugal perceber que o seu nome e imagem vale o que valem os milhoes de NOS que andamos pela fronteira fora, e isso reconhecerem. Pedimos muito ??? YES WE CAN, together !!!!!!


Comentário 08.03.2009 - 11h17 - adr, ate o presidente da republica ja pede hehehe
acabem com as off-shores deixem de economias paralelas todos sabemos que foi isso que causou a instabilidade economica mundial.mas vou deixar isso em analise ào exmo.sr.luis de almada.quando o exmo.sr.presidente da republica tambem ja pede é sinal que isso esta mau.com respeito ào consulado aqui na holanda bom hahaha tenha calma que ja vamos tratar disso.exatamente como na frança/suiça/luxemburgo\etc etc etc.a malta escalfa-se a trabalhar e chega a portugal nào tem la um centimo desculpe mas foi um engano.hehehehe.subscrevo adr.um abraço ào monarca de setúbal.

Comentário 08.03.2009 - 10h59 - José Gonçalves Cravinho, Holanda
Pois eu como emigrante na Holanda desde 1964 e também natural de Boliqueime,subscrevo os comentários do Anónimo,Lisboa e dos outros emigrantes como eu.Em Portugal não tenho nada,só tenho os meus familiares.Estou reformado, tenho 85 anos de idade e aqui acabarei os meus dias pois aqui fui melhor tratado do que na Pátria-Mãe.Inclusivamente,quando enviei os papéis para pedir a minha pequena pensão da Caixa Geral de Aposentações,de lá disseram-me que tinha perdido o direito à pensão por ter perdido a nacionalidade portuguesa ao naturalizar-me holandês.Ora foi um Decreto/Lei de 1972,ano em que me naturalizei que me roubou a nacionalidade portuguesa e a minha pensãozeca.Eu só vendi a minha fôrça de trabalho ao estrangeiro,não vendi a minha alma que será portuguesa até morrer.Os patrioteiros filhos da pata que os amassou não são mais portugueses do que eu,pois êles vendem Portugal aos bocados aos interêsses estrangeiros,e desprezam o Povo a que eu pertenço.De Boliqueime também sou eu/mas não alinho com Cavaco/sou filho do Povo,sou plebeu/sou um algarvio de pataco.

Comentário 08.03.2009 - 10h32 - Anónimo, Lisboa
Foi Cavaco Silva quando 1º Ministro que inaugurou a politica de altos salarios para uns - os governantes (nos quais ele se incluia, claro), os gestores e os altos quadros da Administração Pública com o pretexto falacioso de que só assim teriamos bons especialistas ou seja para a elite rafeira que temos e salarios baixos para os outros - os cidadãos portuguêses comuns, aqueles que trabalham e criam a riqueza, neste caso, com o cinico pretexto da competitividade. Como se a dita competitividade só tivesse a vêr com alguns e não com todos. Semelhante filosofia reacionária que marcou o fim do 25/Abril, foi fazendo o seu caminho até à vergonhosa situação actual dos vencimentos principescos para a pandilha detentora do poder e as remunerações miseráveis para trabalhadores e reformados e pior ainda a indigência para um número cada vez maior de desempregados.E é, esta mesma pessoa que anda por ai a pedir dinheiro aos nossos emigrantes no estrangeiro.! Para quê.? Para voltar o disco e tocar o mesmo. Não, obrigado!.

Comentário 08.03.2009 - 09h59 - arsenio rodrigues, metz (frança)
Como bom POrtugues que sou,fico triste que emigrantes tenham que "punir" Portugal por causa de politicos que nao se interessam em fazer progredir a vida dos Portugueses,Portugal digo bem Portugal nao é responsavel dos maus governos sucessivos que nada fazem para o povo;so ha para os "gordos",eu estou de acordo que os patroes ganhem dinheiro mas se se limitam a guarda-lo e nao criam riqueza e metem o dinheiro investido em sistemas de bolsa enviam dinheiro para off shores caso por exemplo do Monteiro e outros,que fazem esses por Portugal?O Presidente acumula varias reformas nao seria eticamente responsavel abdicar destas sabendo a situaçao economica de Portugal?AH,podem dizer mas so o Presidente nao muda nada,mas quantos sao como o Cavaco?Amigo e compatriota ALBERTO SOUSA DO lUXEMBOURG,o que diz do corpo consular do LUXEMBOURG é a pura verdade aqui em França no consulado de Portugal em Nancy era a mesma coisa a mim por exemplo levaram 10 anos para registarem o meu casamento em Portugal,tem razao,nao se deve ter pressa,e em Portugal até sentem prazer de serem arrogantes connosco quando temos falta de um documento das administraçoes.O que sabem dizer é :tenha calma.

Comentário 08.03.2009 - 09h53 - Emigrante, Brasil
Olá patrícios emigrantes que, como eu, andam a dar o coiro ao manifesto pelo mundo e demais, que vivem em Portugal. Até mandava algum, se o nosso país vivesse numa justiça social, mas como não vive, não vai népia. Reduzan o número de parlamentares (e assessores de toda a ordem) e os seus proventos principescos, além de modormias. Reduzam o número de autarcas e aí aparece logo dinheiro com fartura.

08.03.2009 - 09h27 - Anónimo, Luanda, Angola
Depois de uma década a trabalhar fora e a poupar em Portugal aprendi uma lição, para lá não vai nem mais um cêntimo, quase tudo o que poupei e depositei no BPP está em riscos de ir pelo cano abaixo. Esta é a forma que Portugal tem para agradecer, da minha parte continuo mas por aí não vou!

Comentário 08.03.2009 - 09h11 - António Bettencourt, Roda - Pombeiro da Beira
Exmo. Senhor Presidente de todos os portuguêses mesmo daqueles que não votaram em V. Exª. mas não têm outro remédio... Venho humildemente lembrar V. Exª. que hoje o seu cargo é meramente representativo, assim a modos que o antigo Presidente Américo Tomás, com quem V. Exª. está cada vez mais parecido, com a "Graça do Senhor". Já agora aproveito para enviar cumprimentos à malta do Poço de Boliqueime que está emigrada. De V. Exª. um seu criado.

Comentário 08.03.2009 - 09h11 - ALBERTO SOUSA, LUXEMBOURG
Bom dia A TODOS OS PORTUGUESES espalhados pelo mundo .depois de ler todos estes comentarios fico com a ideia de que todos pensamos da mesma maneira (excepto) alguns .Para responder ao SR:AMADIS DE GAULA .Servico de atendimento no consulado portugues:se precisar de registar o seu filho no inverno prepare-se para se levantar as 4 horas da manha onde a temperatura exterior é de -10 graus e a fila de espera ja atinge uns 15 metros .ao fim de umas horas de espera na tenha pressa porque os empregados forao tomar o pequeno almoco.se tiver que renovar o bilhete de identidade nao o faca viva clandestino e faca em portugal quando for de ferias .mas nao diga que esta no estrangeiro porque senao vai ver quanto lhe custa.Eu dinheiro para portugal?nem pensar.no que diz respeito ao SR: RODRIGUES DE FRANCA COMPLETAMENTE DE ACORDO.VARIAS VEZES OUVI :VEEM PARA AQUI ESTES IMIGRANTES ARMADOS EM PARVOS .LAMENTAVEL NUMA SOCIEDADE CUMO A QUE SE VIVE.SAUDACOES.

Comentário 08.03.2009 - 09h03 - Emidio Martinho, St Petersburgo Russia
Senhor Presidente tem razao faz falta o dinheiro dos emigrantes. Mas os bancos portugueses pagam os juros a metade dos colegas europeus. Talvez fosse bom em pensarem tambem em dar uma melhor renumeracao aos emigrante. Sou emigrante num pais do leste mas estive em paris em fevereiro e vi em varios bancos ofertas de dinheiro a prazo que e o dobro do que os nossos bancos praticam. A pagarem assim os nossos bancos iram continuar a ter bons lucros e renumerarem os seu gestores de top com salarios princepescos Emidio Martinho St Petersburgo Russia

Comentário 08.03.2009 - 08h21 - Paulo Jesus, Londres, Reino Unido
Sou emigrante em Londres ha 3 anos, e por mim Portugal nao vai ver um centimo das minhas poupancas nem investimentos. E todas as vezes que me perguntam se vale a pena ir a Portugal de ferias eu digo que nao, que mais vale irem para Espanha porque Portugal e' um buraco. Por mim pode ir ao fundo.

08.03.2009 - 07h29 - O GALANTE , PORTUGALO
ESTA ESCOMALHA SO PEDEM VOTOS E DINHEIRO .

Comentário 08.03.2009 - 07h28 - tadexuva, pinocratilândia
os novos emigrantes já sabem muito bem a razão porque emigraram: deixaram esta casa mal governada como o filho abandona o lar gerido por um pai bêbado que gasta o orçamento familiar com p.tas e vinho tinto.

Comentário 08.03.2009 - 07h15 - O GALANTE , PORTUGAL
PORTUGAL ADES MARRAR TANTO NA PAREDE QUE UM DIA IRAZ APRENDER ...

Comentário 08.03.2009 - 07h09 - Filipe Morais, Toronto ,Canada( Natural de Viana do castelo)
Infelizmente o meu Pais nao me oferece condicoes economicas para ter uma vida sociavel estavel, como eu milhares. Todos estamos emigrados porque o nosso pais Natal nao nos oferece a vida k sonha-mos ou deseja-mos, todos adora-mos Portugal, talvez a terra geograficamente, nao como tem sido governada. Somos oportunistas, lutamos por isso. Talvez facamos sacrificios k na nossa terra natal nao o faria-mos, mas tambem nao existia motivacao para isso. Enquanto a classe media em Portugal nao tiver poder de compra com ordenados compativeis como no resto da Europa, Portugal nao saira do Buraco jamais. Quando a Torneira da Europa fechar,,,o k penso estar ja a acontecer, a nessecidade de procurar novas fontes ..o K esta a Fazer o Cavaco agora. Nao vai ser por mim k os fundos vao chegar, isso posso vos garantir.

Comentário 08.03.2009 - 06h59 - AC, Londres, Reino Unido
Fica a receita. Comoquem pessoas competentes nos consulados que ajudem em vez de complicar a vida do desgracado sempre que precisa de resolver qualquer coisa. E criem condicoes para que seja atractivo os imigrantes depositarem dinheiro ou investirem em Portugal pois ate agora os bancos em Portugal nao chegam aos pes do que e oferecido no estrangeiro.

08.03.2009 - 06h09 - a, a
Esquece se de que os responsaveis pela emigracao sao os incompetentes politicos q teem estado no poleiro desde 74 a governar para eles mesmos e para os amigos, investigados mas sem consequencias . Investir num dos paises mais pobres e injustos da europa porque razao? So' se for pelo sorriso..

Comentário 08.03.2009 - 06h05 - Maria do Ceu Campos, Alemanha
Já salvamos o país da banca rota!Nos fins dos anos setenta eramos chamados a casa dos pobres da Europa!Nunca me vou esuqecer.Portugal tem sofrido gestóes ruinosas de governantes que sonham em vez de andar ao cimo da terra com os pés bem firmes nela.O país não tem culpa de tanta ignorância.Está nas nossas mãos ajudar a fazer a mudança,para as máos de pessoas que ponham os interesses do país acima dos seus.Nós,cá fora,se votarmos em massa podemos ajudar a mudar.Deixemo-nos pois de comentários mesquinhos e ajudemos o país que amamos,eu amo-o profundamente,a andar em frente e a mudar de rumo.Deixemo-nos ´de plá-plá e passemos de palavras a obras.Se não participarmos,não votarmos,não nos candidatarmos não temos nada que falar,temos que estar calados. Cada um é livre de mandar ou não o seu dinheiro para Portugal.O Presidente da República fez o apelo por dever,como supremo magistrado da nação.

Comentário 08.03.2009 - 05h02 - peter pan, berlim
olhe Yochua Zankell se náo é portugues nao se meta nesta discussao que isto aqui é só para portugueses. voce está bem é la para israel esse pais neonazi que da porradaria de tres em pipa aos palestinianos (que sao levados da breca) enfim. Nunca gostei de israelitas, acho que fazem aos palestinianos o mesmo que o hitlerr lhes fez. quanto ao cavaco: bem o cavaco, esse cavalo anda a pedinchar dinheiro para ir gastar num tgv que ninguem precisa. ainda no fim de semana passado tive na dinamarca. onde é que ha um tgv na dinamarca? ou na Noroega? Nao há! O que há sao comboios que circulam a cerca de 200 e tal a hora, em vez de 400km/h ou lá o ke é do tgv. estao 250km/h para portugual já nao chega???

Comentário 08.03.2009 - 04h40 - Ricardo Passos, Dubai
EXCELENTE IDEIA Sr PR!!! Mais uma brilhante demonstração das capacidades intelectuais de uma pessoa que tanto contribuiu para o estado em que o País se encontra. Pena que cada vez que tem uma dessas deambulações mentais, a bola de berlim não lhe fique atravessada na garganta. A quem serviu o guito dos emigrantes pós 25? Salvou governos? ou governantes?!!! Conta com a minha massa para projectar o quê???, aumentar as exportações do quê??? promover o quê???Already had your opportunity and blew it. Resultados? Tão à vista. Acha que sou emigrante porquê? e para quê? Para pegar no carcanhol e enfiar nos seus bolsos para mais uma das 30 reformas que já tem? Pois porque sabemos bem o que acontece ao graveto que é investido em nome de Portugal. Nãããã!!! Esqueça lá isso, que este vai todo direitinho para um investimento não garantido, mas seguramente mais fiável. O meu filho e na esperança que as novas gerações saiam melhores que as nossas que já provaram que não prestam. E essa esperança e futuro sei que não passam por aí, pois trata-se infelizmente de um País que já está morto, só que ainda não o sabe.

Comentário 08.03.2009 - 03h55 - Joe Freitas, USA
Eu faco uma promessa ao povo portugues. Se voces forem capazes de acabar com essa politica da destruicao. eu trabalharei o resto da minha vida para ajudar Portugal.

08.03.2009 - 03h01 - O GALANTE, PORTUGALO
O PRESIDENTE DA REPUBLICA DEVE ANDAR A DORMIR OU A SONHAR COM NA SORTE GRANDE , COMO DIZ O NOSSO COMPATRIOTA (COUVE / BROXELAS ) E BEM , QUE MORAL TEEM ESTES GAJOS DE PEDIR QUE OS EMIGRANTE ENVIE DINHEIRO PARA PORTUGAL ? SABIAO ELES QUE A MAIORIA DOS PORTUGUESES EMIGRADOS SE SENTEM EXILADOS POR NAO PODEREM VOLTAR A PATRIA DEVIDO A SITUACAO SOCIO-ECONOMICA DO PAIS E A FALTA DE SEGURANCA QUE O PAIS VIVE, E A CORRUPCAO E AOS GLOTOES , UM HOMEM OU MULHER DEIXA A PATRIA E ESFOLA-SE A TRABALHAR A VIDA INTEIRA NO PAIS DOS OUTROS E QUANDO CHEGA A PORTUGAL QUEREM-LHE SACAR O QUE AMEALHOU DURANTE A VIDA COM IMPOSTOS FICTICIOS E OUTRAS FALCATRUAS DOS PAPOES POLITICOS . ENQUANTO NAO ACABAREM COM A CORRUPCAO , A CRIMINALIDADE E UMA POLITICA DE ROUBO AOS EMIGRANTES PORTUGUESES NAO ACONSELHO A CA POREM UM CENTAVO . DEPOIS PELO O APOIO QUE O GOVERNO DA AOS EMIGRANTES PORTUGUESES LA FORA NAO MERECEM . NEM DIREITO A VOTO IRAO TER COM ESTE GOVERNO. OS EMIGRANTE NAO SAO ESCRAVOS DOS POLITICOS EM PORTUGAL , SE CALHAR ESTAO COM MEDO QUE A MAMA SEQUE , POIS NEM OS MELITARES RECEBEM O ORDENADO . PORCA MISERIA ... SALAZAR ERA BEM VINDO.

Comentário 08.03.2009 - 02h37 - Couve, Bruxelas
Eu sou emigrante na Bélgica. A que propósito hei-de "ajudar" com o fruto do meu trabalho, um conjunto de governos que me forçaram a abandonar o meu país com as suas gestões ruinosas? Sou apologista de que o discurso do "ask not what your country can do for you, but what can you do for your country" devia ser seguido por todos, mas devia sê-lo principalmente por aqueles a quem foi dado o privilégio de servir o país, governando-o. E não por quem "eles" obrigaram a emigrar.

Comentário 08.03.2009 - 02h27 - Miguel Alcobia Domingos, Odivelas - Portugal
Eu sempre ouvi dizer, que o dinheiro enviado pelos emigrantes é importante. Porque os bancos comerciais precisavam desse dinheiro, para crescer os seus capitais. Hoje os emigrantes dos anos 70/80 já estão em Portugal a vários anos. Sentem tristeza porque aquilo que enviaram, dava regalias por parte desses ditos "bancos", cujas taxas de juro eram convidativas para premiarem o trabalho deles longe do seu País que os viu partir da miséria para talvez uma vida melhor num futuro distante. Criaram-se contas exclusivas para emigrantes comprar o que fosse importante com juros também atraentes. Hoje os filhos destes emigrantes foram absorvidos pelos paises que lhe deram oportunidade de serem "alguém" e só veem a Portugal, visitar os pais que ainda não faleceram, alguns de dores vividas quase como expulsos do seu País, da sua Pátria. Agora questiono eu. Para que serve o dinheiro dos emigrantes? Será para salvar banco com gestões sem responsabilidade? Será para injectar capitais nos projectos mégalomanos do governo? Ou qual a forma para ajudar os verdadeiros trabalhadores que alguns trabalharam de sol a sol? Eu confesso que já comecei a perder a confiança na Justiça,nos Governantes e em tudo

Comentário 08.03.2009 - 00h44 - Mauro Burlamaqui Sampaio , Lisboa
Cavaco Silva faz parte de um grupo que há muito perdeu autoridade moral política para falar de corrupção e justiça, ele muito gosta de pedir dinheiro e já soube gasta-lo. Pedir a quem deixou o País para conseguir lá fora o que não conseguiu ou consegue cá dentro ,demonstra o quanto desactualizado esta da nova realidade social nacional e internacional , a sorte é que falta pouco tempo para deixar a Presidencia . Ele podia ter pedido para seu actual conselheiro Dias Loureiro e ex ministro de quando foi Primeiro Ministro ir lá e noutros lados pedir dinheiro parece que leva muito jeito para fazer investimentos.

Comentário 08.03.2009 - 00h38 - Miguel, Londres, R.U.
Neste artigo não entendo que o C.S. esteja a pedir dinheiro aos emigrantes directamente. Entendo que o "contributo" dos emigrantes Portugueses, baseia-se em enviar mais dinheiro para as famílias. O que sempre aconteceu e continuará acontecer. Entendo que "...exportações de produtos e serviços portugueses, para promover a nossa terra como destino turístico de excelência", refere para mim duas coisas, consumir e divulgar produtos Portugueses (Não gostam de vez enquanto de apreciar a nossa comida, e de a partilharem com outras culturas), e falar de Portugal, como óptimo lugar turístico (apesar dos problemas sociais que temos, não sabe sempre bem ouvir falar bem da nossa terra por quem foi de visita?). "responder às necessidades", espero como emigrante que assim seja... PS: Espectro (07.03.2009 - 22h36 - Espectro, Porto): Onde posso comprar os "texteis ou sapatos"?

08.03.2009 - 00h18 - António Abrantes, São Paulo - Brasil
estou com a impressão que o PUBLICO não aceita determinados comentarios contra os governantes de Portugal. Porque sera

Comentário 08.03.2009 - 00h18 - gAJEIRO, GUIMARÃES
É PATENTE A GESTÃO RUINOSA! SÓ A NÃO VÊ A JUSTIÇA PORQUE É CEGA|

Comentário 07.03.2009 - 23h54 - arsenio, frança
Freitas faço alusao aqueles que governam depois do 25 de Abril,pois Salazar morreu tinha eu 12 anos e 17 quando foi o 25 de Abril era eu estudante em Faro,Freitas nao estou de acordo com o que dizes que Salazar dizia e porque;simplesmente o facto de nao pensar como tu nao quer dizer que esteja contra ti,podemos ter maneiras de ver diferentes o principal é respeitar a dos outros.

Comentário 07.03.2009 - 23h46 - Joe Freitas, USA
Arsenio Rodrigues, Franca...Tu quando dizes, "os portugueses teem que acordar e nao se deixarem levar por gente que nao respeita os portugueses", sem duvida esta a falar naqueles que nunca gostaram. E se nao gostaram no passado, certo que nao vao gostar no futuro. Eu digo como o Salazar dizia!... "Se nao es por mim, es contra a mim".

Comentário 07.03.2009 - 23h45 - arsenio, frança
Obrigado Grapilho mas o que digo vem das "tripas" e do coraçao,todos os comentarios que fiz esta noite com o nome A.Rodrigues sao meus e digo adoro o meu Pais e os que o governaram e governam desde 74 sao arrivistas e essas pessoas sao perigosas.Boa noite e boa sorte.

07.03.2009 - 23h44 - Salsilha, Samouco
Lembram-se de quem falava na compra de gato por lebre?

Comentário 07.03.2009 - 23h39 - Grapilho , 2008/09 - Grapilho.blogspot.com
ARSENIO, bom raciocínio !

Comentário 07.03.2009 - 23h32 - arsenio rodrigues, frança
Sim freitas tem razao os emigrantes gostam talvez mais de Portugal que muitos que la vivem mas nao podemos esquecer que a culpa principal é desses que votaram governos que sao incapazes de gerir a Naçao e que no lugar de economizarem para que os Portugueses vivam melhor,querem alinhar-se com os paises que teem grandes capacidades industriais e que nos nao podemos imitar.O exemplo deve ser dado pelos que governam é como numa familia se nao tens muito para gastar,pensa no dia de amanha;em Portugal ha salarios vergonhosos no seu volume e ao mesmo tempo ha quem nao tenha para viver,reformas a 200 euros e justamente o Presidente da republica acumula ja algumas e daqui a pouco tera mais uma os portugueses teem que acordar e nao se deixarem levar por gente que nao respeita os portugueses.

Comentário 07.03.2009 - 23h30 - Emigrante, Japao
Acho que nao e justo pedirem ao Cavaco o que ele nao pode fazer. Ele nao e o governo e tem os poderes limitados. Quando ele foi primeiro ministro, entao sim tinha essas responsabilidades e parece-me que esteve a altura. E triste ver que, muitas vezes, os Portugueses do estrangeiro gostam mais de Portugal dos que os Portugueses residentes em Portugal.

Comentário 07.03.2009 - 23h22 - Joe Freitas, USA
Caro Joaorapace, Coimbra, eu todas as vezes que posso vou a Portugal. Vou para visitar familiares, mas vou tambem para matar saudades. Saudades de onde narci onde aprendi nao a educacao, que infelizmente foi pouca, mas onde aprendi os fundamentos daquele povo tao bom que me deu o compreendimento, para conhecer o bom do mau. Eu recordo quando os portugueses tinham tanto orgulho do pouco que tinham, hoje infelizmente, e somente soberba do nada que existe. Para onde foi a mentalidade dos portugueses? Para onde foi o amor pelo que e nosso? A diferenca entre a maioria dos emigrantes, e os que vivem em Portugal. Os emigrantes, nunca deixaram de gostar de Portugal.

07.03.2009 - 23h17 - roxy, Paris
Mandar dinheiro para quê?Ele desaparece mais rápido que um truque de David Copperfield. Não podemos esquecer que este senhor no passado nomeou para seus ministros individuos de honestidade mais que duvidosa, que mais não fizeram que dilapidar as contas públicas

Comentário 07.03.2009 - 23h16 - Ricardo Freitas, Mexico DF
de minha parte, nao envio nem um centavo! Foi gracas ao Socrates que me vi obrigado a emigrar. Agora que vivo muito bem, querem o dinheiro... que vao mas e trabalhar como eu fiz.

Comentário 07.03.2009 - 23h15 - Emigrante, Asia Pacifico
22h49 - Anónimo, UK: Tem toda a razao.

Comentário 07.03.2009 - 23h02 - Grapilho , 2008/09 - Grapilho.blogspot.com
Nem mais ! Um abraço.

Comentário 07.03.2009 - 23h00 - Abu, Lixa
Prepara-se algo de muito grave!...mesmo muito grave!Dinheiro não falta, e com a quase globalização da economia bastava o entendimento entre a Humanidade para que o "ouro moeda" passasse a valer por exemplo mais 30% do valor actual e a crise ficaria remediada/resolvida!...não estamos em 1929, nem sequer existe por ai um inimigo em formação, não é verdade?Possivelmente que as teorias de conspiração até tenham um fundo ou sejam verdade e esse "inimigo" até que existe e alcançou os seus objectivos.Numa civilização tão avançada como a nossa nada impede que o DINHEIRO passe a ter outro valor, o valor que lhe queiramos dar...mas também e infelizmente este mundo chegou ao fim, vai ser guerra!

07.03.2009 - 22h51 - luis, dubai
quando aí vivia não ganhava para as despesas. fui obrigado a mudar de país para ter uma vida digna e agora querem o quê?!...de mim não vêm um chavo!

Comentário 07.03.2009 - 22h49 - Anónimo, UK
qual é o problema do Cavaco Silva dizer que conta com a"colaboração de todos para que possamos aumentar as exportações de produtos e serviços portugueses, para promover a nossa terra como destino turístico". É assim tão dificil de perceber?? não nos (sim, também sou emigra) custa nada fomentar o turismo.. e quantos de nós não devoram tudo o que são produtos portugueses nos mercados... porque não investir (para quem pode, claro) em exportação de produtos portugueses.. é uma situação win - win.. não vejo qual é o drama... ele não disse para depositarmos as nossas poupanças na sua conta... nem para as doarmos ao país... apenas para pensarmos duas vezes em que investimos... não é isto que qualquer emigrante (de qualquer outro país) faz??

Comentário 07.03.2009 - 22h46 - Grapilho , 2008/09 - Grapilho.blogspot.com
A seguir a pedinchice leva uma /

Comentário 07.03.2009 - 22h44 - Nome, REVOLUÇÃO. JÁ!
HAJA GENTE COM CORAGEM PARA FAZER UMA NOVA REVOLUÇÃO. DESTA VEZ A SÉRIO! A MALTA NOVA JÁ SÓ VAI RECEBER 45 % DO ÚLTIMO SALÁRIO QUANDO ESTIVER NA REFORMA. PAÍS DE LADRÕES !

Comentário 07.03.2009 - 22h44 - Grapilho , 2008/09 - Grapilho.blogspot.com
Português é bem esperto / e descobriram todos a veia / por isso vão pra pedinchice com o intuito que alguém lhes deia //-// São os arrumadores de um lado / alguns imigrantes do outro / mais os que não querem fazer nada / e a atitude de político "louco"//-// Eles não têm estratégia / são políticos a fingir / andam armados em "parvos" / e o país a diminuir //-// Esse dito infantil / mas com ar pertinente / já pedi que nos comprem só a nós / e que não comprem a outra gente // -// Mas que raio de atitude / coisa bem mexeruca / atitude desse género / é de quem sofre da cuca //-//

07.03.2009 - 22h43 - 00SEVEN, Portugal
Aparentemente o Senhor Presidente da República ignora o que se está a passar entre os USA/UBS/Suiça e o que, alegadamente, está na Agenda para a próxima reunião dos G20. Aguardar para ver onde é que tudo isto vai parar. Para além disso há ainda a polémica dos "offshores" que está a ser alimentada por politicos incompetentes e cidadãos sem conhecimentos sobre a matéria que pode vir a ter consequências desatrosas para os apelos do Senhor Presidente da Repúbica. Os tempos mudaram!

Comentário 07.03.2009 - 22h37 - joaorapace, coimbra
Caro Joe Freitas, apesar de não admirar açorianos e penso que a maioria deles diz mal de Portugal e penso que isso até lhes causa satisfação, vi-me obrigado a mudar a minha opinião em relação a ti. Dizes aquilo que pensas e és uma pessoa que tens boas ideias e gosta de Portugal tal como eu. Quanto aos emigrantes há de tudo um pouco. Alguns vão para fora e passado dois meses falam cá a língua estrangeira, mas a maioria gosta muito de Portugal. O país também se diga de verdade durante muito tempo não lhes ligava nenhuma. Quanto ao comentário do Sr Cavaco Silva penso que é mais um sinal de que isto está mal. Mas isso já eu sei há muito tempo, isto é um país falido e muito por culpa dele e dos governos que lhe têm sucedido. Estes indivíduos apenas souberam gastar e nada desse gasto foi para criar riqueza no país. Este primeiro ministro é outro igual. Fala em investimentos, aeroporto,tgv... e eu pergunto: e o dinheiro??? Já pagamos a gasolina cara para pagar as scut e depois o que teremos de pagar mais?? É uma vergonha. A corrupção, desde que me conheço ainda não vi nenhum político a ir para a prisão e todos os dias é um caso de um político qualquer a corromper. É uma vergonha.

Comentário 07.03.2009 - 22h36 - Espectro, Porto
Ó Joe tu consomes o azeitinho, o vinhinho e outras coisas da santa terrinha porque que tão prazer, seja pela sua qualidade, seja porque matas saudades do torrão natal; Não é certamente para judares os agricultores açorianos ou os vinicultores do Douro ou Alentejo! Em suma, obtens um benefício com essas aquisições. Porque se compras o vinho e o azeite, outro tanto já não farás com os texteis ou sapatos! Acertei? LOL

Comentário 07.03.2009 - 22h24 - q, q
o cavaco deve pensar que por ter vetado a lei do ps, que nao permitia o voto dos emigrantes, tem moral para fazer este pedido. Infelizmente muitos dos emigrantes mais recentes que foram á procura de trabalho por estarem desmpregados ainda têm em portugal a familia para sustentar e têm que forçosamente mandar dinheiro para portugal

Comentário 07.03.2009 - 22h23 - Joe Freitas, USA
Caro estectro, comigo nao e bem assim. Eu sou um que continua a usar o azeite, a cerveja, o vinho, que ultimamente e excelente, alem de muitas outras coisas. E eu estou fora do Pais desde 1962.

07.03.2009 - 22h23 - paísdatreta, tugal
ENVIEM ESTAS REACÇÕES A S. BENTO E BELÉM! ALGUÉM O CONSEGUIRÁ FAZER ?

Comentário 07.03.2009 - 22h14 - R.Chibanga, Barrancos
O grapilho eu nao me zango/porque sou um puro lusitano/mas fico a pensar/porque nao sabe portugal remar...

Comentário 07.03.2009 - 22h06 - A.rodrigues, frança
Quantas vezes durante as minhas ferias ouço os Portugueses falarem mal dos emigrantes e dizendo estarem desejando que eles desapareçam queixando-se que os preços das coisas aumentarem por causa do turismo e da emigraçao;nao tem conta as vezes que se ouve isso.O Presidente deu com este anuncio a possibilidade aos Portugueses de se exprimirem aqueles queo podem fazer pela net;obrigado sr cavaco silva pegue em meia hora do seu tempo para ler o que sentem os emigrantes,o governo portugues fechou consulados vetou o direito de voto eu por exemplo quando necessitava de qualquer documento ia a Nancy hoje o consulado mais proximo é em strasbourg.

Comentário 07.03.2009 - 22h04 - Espectro, Porto
Este discurso de Cavaco a apelar ao sentimento dos emigrantes para que enviem as suas poupanças para Portugal, nem parece de um homem com a experiência política de quase 20 anos (por isso a sua responsabilidade no actual estado do País só pode ser muita e proporcional ao tempo que desempenhou cargos relevantes no poder) e com formação em economia! Sr. PR, hoje em dia os portugueses nem as tangerinas portuguesas compram, caso as espanholas sejam uns cêntimos mais baratas! Ora se os aqui residentes se comportam (comportamos!) deste modo, como poderemos exigir (pedir) aos nossos emigrantes que sacrifiquem interesses económicos em prol da contribuição para a prosperidade da Pátria? É claro que os emigrantes só passarão a enviar para aqui as suas poupanças se o Estado português lhes oferecer benefícios superiores àqueles de que dispõem nos países de acolhimento! Portanto o governo terá que equacionar a possibilidade de lhes oferecer algumas vantagens (como já tiveram em tempos no crédito à habitação) de natureza fiscal ou outras para estimular o patriotismo dos nossos emigrantes. Não é assim, caro Joe! Amigos, amigos, mas negócios à parte!

Comentário 07.03.2009 - 21h55 - Grapilho , 2008/09 - Grapilho.blogspot.com
Chibanguinha não te zangues / com essa gente pedinchona / é povo todo marado / e não regula da mona //-//

07.03.2009 - 21h53 - Joe Freitas, USA
O Democratico, centro tem toda a razao. Os portugueses que eu conheco no estrageiro, e eu conheco milhares, todos gostam nao so de visitar o Pais, mas a maioria gosta dos produtos portugueses. Mas isso nao e ainda o pior. O pior, e quando vamos a Portugal sermos tratados pior que os estrangeiros.

Comentário 07.03.2009 - 21h50 - R.Chibanga, Barrancos
Pedir quando necessitamos,nao e vergonhoso.Vergonha e Portugal que teve oportunidades unicas de ser uma potencia economica,estra na situacao que todos nos conhecemos!

Comentário 07.03.2009 - 21h35 - Yochua Zankell, Lisboa / Portugal
...estou a viver em Portugal a 11 anos, e não sou portugués. agradeço por o estado portugués ter-me aceito sempre de braços abertos e nunca ter posto qualquer entrave com relação a minha vida em Portugal. mas claro, sempre paguei meus impostos em dia, não devo dinheiro a ninguém, trabalho a 11 anos em Lisboa e sempre cumprí com minhas obrigações civis. o momento é delicado e não julgo de 'todo' mal a actitude de nosso presidente. mas, acho muito que o estado, a segurança social; terem de carregar determinados cancros de nossa sociedade. aqui em Alvalade/Lisboa vejo dezenas de jovens escostados a segurança social, a receber um dinheiro que julgo indevido, pessoas que pagam valores irrisórios de renda, não trabalham e vivem ao trabalho dos outros. o país está fálido mas, querem construir mais uma ponte! querem sediar mais um evento de futebol! e quanto aos hospitais que estão em estados precários e lastimáveis (temos de chamar a atenção para esta grande maioria da população portuguesa!?). meus amigos, eu penso assim: eu ajudei e ajudo o estado portugués mas, será que este se ajuda a sí!!!???

Comentário 07.03.2009 - 21h35 - paulo Rosado, Osaka, nippon
Então um país rico que se dá ao luxo de ter um estádio de futebol full size em cada distrito, dezenas de milhões para construir uma sala de concertos no Porto, que vai demolir um aeroporto em bom estado e quase novo para fazer outro fora de mão, que vai construir comboios de alta velocidade, quilometros de aut estrada para nenhures e pontes, precisa do dinheiro dos emigrantes?!

Comentário 07.03.2009 - 21h33 - Amadis de Gaula, Setúbal, onde se passa Fome
em vez de se apelar pateticamente às remessas dos emigrantes, que tal CONSTRUIR FÁBRICAS ??? Ah pois é, os campos de golfe e hóteis não dão para tanto ! Isto está a tornar-se numa Rep. Dominicana da Europa !

07.03.2009 - 21h29 - Amadis de Gaula, Setúbal a passar Fome . Obrigado PS !
saudações 21h24 ALBERTO SOUSA, LUXEMBOURG . Conta lá ao auditório como é o serviço de atendimento do Consulado aí no Luxemburgo...

Comentário 07.03.2009 - 21h24 - ALBERTO SOUSA, LUXEMBOURG
um grande abraco a todos os emigrantes .so de ver estas reacoes ja me deixa satisfeito .

Comentário 07.03.2009 - 21h21 - Demócrito , centro
Portugal poderia ser um dos paízes mais prosperos do planeta de os nosso politicos tivessem vizão e apoiassem e realçassem o valor dos nossos emigrantes e não era apenas com as remessa de dinheiro seria antes com a promoção dos nossos produtos nos paises onde estão os nossos emigrantes, mas infelismente os nosso politicos da treta não tem essa vizão.

Comentário 07.03.2009 - 21h16 - Anónimo, k
Por alguma razão são emigrantes sr. presidente... para não morrerem de fome tiveram de sair da sua pátria madrasta (menos para uns quantos, claro). E agora vem pedir dinheiro? Parece os alunos de medicina que foram obrigados a ir fazer o curso no estrangeiro, mas que agora o ministério quer que venham cá acabar os estudos... Não são bons o suficiente para os inicar numa faculadade portuguesa, mas já são bons para acabar cá o curso... Oportunistas. O desespero, desencanto e falta de oportunidades levam a muito jovem a dar o salto, com bastante mágoa pelo estado da nação. E muitos têm um pó a isto que nem pensam em voltar... Sem falar nos consulados que andaram a fechar e com a tentativa de roubar o direito de voto dos emigrantes, que o presidente vetou e muito bem...

Comentário 07.03.2009 - 20h56 - Anónimo, australia
V.EXCL Presidente da Republica Portuguesa,para se pedir algo a pessoas que tiveram de abandonar portugal por nao encontrarem emprego ou pessoas que ja' nao acreditam nos politicos,voces(politicos) tem de governar bem melhor o dinheiro que vem da uniao europeia e o dinheiro dos contribuintes portugueses e mostrarem responsabilidade nas vossas funcoes como politicos ,depois olharem para os emigrantes portugueses como cidadaos iguais aos que vivem em portugal,depois mudarem na totalidade os embaixadores e consul espalhados pelo mundo fora e depois sim, pedir aos emigrantes para colocarem dinheiro em portugal mas com beneficio para no's nunca para os bancos portugueses.bem haja a todos guelticos e lusitanos

07.03.2009 - 20h47 - FÁZ_TE Á VIDA, Catalunha
Querem dinheiro? fossem-no!!!! foram as riquezas do Brasil, foi o ouro do Salazar, grangeado à custa da fome e da miséria de tantos, foram as ajudas da da CEE, e foi o individamento até á 5ª geração. Tudo queimado. Agora acabou-se o crédito, toca a pedir esmola!!Se vieres à Catalunha ha-des ouvir umas "bocas". Ficarão na história como uma geração de políticos que destruiu o seu próprio país.

Comentário 07.03.2009 - 20h41 - A.Rodrigues, França
Espero simplesmente que os Portugueses ai em Portugal leiam os comentarios dos emigrantes para que quando verem os Portugueses que trabalham no estrangeiro,quando vao a Portugal gastam dinheiro passeiam gostam de Portugal mas nao gostam de ser maltratados e gozados eu vou de ferias a Faro e tenho casa em Olhao como disse no comentario precedente é uma vergonha quando tomamos o barco para as ilhas do farol,culatra ou armona como os ouço falar quando falo em frances com a minha mulher pois ela é francesa os comentarios que fazem e eu calo-me para evitar problemas.Antes de tudo so o que pedimos é de ser respeitados.

Comentário 07.03.2009 - 20h40 - Joe Freitas, USA
O que custa muito mais, e recordar a alegria que existia em Portugal em 1973. Eu visitei Portugal e os Acores em 1973, e a alegria podia ser notada por todo o lado. Portugal estava a mudar, devagarinho mas estava a mudar para o bem. Entra essa cambada do 25, com ideias comunistas/socialistas/esquerdista, e hoje 35 anos mais tarde, essa cambada alem de destruir o Pais, destruio a alegria dos portugueses.

Comentário 07.03.2009 - 20h34 - Anónimo, Alemanha
O Prof. Dr. Cavaco Silva e o sr. José Socrates têm pelo menos uma coisa em comum: A MAIS COMPLETA FALTA DE VERGONHA QUE JÁ FOI DADA A VER EM GOVERNANTES! Quer dizer, as pessoas são forçadas a sair da sua terra por causa das prioridades e das trafulhices dos políticos e agora querem o dinheiro dos emigrantes!? Tenham juízo na cabeça e trabalhem, que é o que os emigrantes fazem. O suor do nosso rosto não é para financiar as vossas auto estradas, aeroportos, combóios de alta velocidade, empreiteiros e autarcas, trapalhadas e trafulhices, mais os ordinários dos deputados, os egos do Alegre e do Santana, as pinoquices do Sócrates, as imbecilidades do Cavaco e os crimes do Soares! Trabalhai, trabalhai, malandros! Por acaso pensam que a nova geração de emigrantes, que conseguiu sair para países civilizados, admite voltar? Mandar dinheiro para quê? Malandros! E o sr. Sócrates que agradeça à malta nova que saiu do país, porque se tivesse que os incluir nas estatísticas do desemprego... upa, upa! Quem vai para melhor não volta. Boa sorte para quem ficou aí. Têm os governantes que merecem, continuem a votar neles, no Sócrates e nos clones do Cavaco!

Comentário 07.03.2009 - 20h30 - AC, Londres, Reino Unido
Em vez de pedir ajuda, crie condicoes para que os imigrantes possam ajudar o pais. E acredite que nao e pedir muito que o primeiro ponto de contacto que os imigrantes tem que e a embaixada tenha pessoas que ajudem em vez de complicar a vida a desgracado que vive ca fora. Se com isso criar condicoes para que os imigrantes possam investir, em vez de serem roubados pelos bancos portugueses que nao sao de perto competitivos com os do resto da Europa. Entao sim acredite que o imigrante comecara a ver com bons olhos enviar algum dinheiro para o pais se nao o que pode em Portugal. Acredite que a forma como o imigrante e tratado na embaixada, ao passar a fronteira ou mesmo num banco portugues deixa muito a desejar.

07.03.2009 - 20h29 - ALBERTO SOUSA, LUXEMBOURG
Tem toda a razao sr RODRIGUES eles que se safem.

Comentário 07.03.2009 - 20h27 - A.Rodrigues, França
Quando estou de ferias em Portugal nem pelo meu nome me chamam é por Frances que me tratam é uma falta de respeito e ver como somos tratados nos restaurantes,quando tentam nas adiçoes nos enganar juntando coisas sem serem consumidas,nas praias como somos gozados e ainda tem o Presidente o descaramento de pedir aos emigrantes ajuda?Os Portugueses sao arrogantes com os emigrantes e como querem que nos sejamos solidarios?

Comentário 07.03.2009 - 20h20 - ALBERTO SOUSA, LUXEMBOURG
acho que a populacao em geral ja mostrou a sua maneira de pensar e pelos vistos sr cavaco valia mais estar calado .peco para tirar esta noticia ja cheira mal.

Comentário 07.03.2009 - 20h13 - Joe Freitas, USA
900 anos com tanto suor tanta lagrima, para construir, para estes putos destruirem em menos de 35 anos. Louvado seja Deus.

Comentário 07.03.2009 - 20h10 - António Silva, Portugal
Para que tenha noção do que pensam os emigrantes é não só, do seu país e da forma como os governos tratam os seus cidadãos.

07.03.2009 - 19h59 - Expatriado, Estrangeiro
Dinheiro dos emigrantes!!!!! Para quê???? para construir estádios de futebol e outras megalomanias semelhantes? Quem não tem dinheiro não tem vícios...

Comentário 07.03.2009 - 19h57 - Anónimo, Madeira
Pois, pois! Isso pegou no pasado! Agora já foi chão que deu uva! É sempre a mesma história! Peça-o ao Eduardo dos Santos, que está aí a chegar!!!

Comentário 07.03.2009 - 19h54 - Silva Pereira, 1000 Lisboa
Depois da exemplar descolonização e virarmo-nos para a Europa, apareceram os arautos do regresso dos emigrantes ao "seu país natal". Era apenas um discurso enganador; era necessário manter os emigrantes e apelar às amplas liberdades para que os emigrantes mandassem o dinheiro para Portugal, quanto mais melhor, uma vez que os nossos políticos não eram capazes de criar postos de trabalho. Depois passou a vir o dinheiro de Bruxelas; a preocupação dos políticos era principalmente mostrar que éramos bons alunos, uma situação de subserviência, em vez de rigor e desenvolvimento de modo a criar postos de trabalho para que os emigrantes podessem regressar. Para nossa sorte chegou Schengen e a possibilidade de sermos europeus e, deste modo, passármos a ser europeus de pleno direito. Parece impossível que ao fim de 30 anos, em que a população portuguesa não se alterou (tem andado à volta dos 10 milhões), o nosso nível de vida evoluiu muito pouco. Este nível de vida não envolve apenas o dinheiro, mas a educação (analfabetismo), a instrução, a justiça, a segurança, ... É com mágoa que escrevo estas linhas.

Comentário 07.03.2009 - 19h41 - l, canadá
pra portugal nem mais um centimo...

07.03.2009 - 19h41 - l, canadá
pra portugal nem mais um centimo...

Comentário 07.03.2009 - 19h33 - , dakona
ESTE CAVACO É MESMO UM PALHAÇO !

Comentário 07.03.2009 - 19h27 - Anónimo, ..
Ele que me explique como. Vamos gastar parte nos nossos futuros filhos, e o resto? Acha o Sr PR que vou construir um centro comercial? Bem, gostavamos de criar uma coisa positiva em Portugal. Mas encontramos sempre muitos entraves. Ainda tenho esperanca de contribuir para o país, mas nao pode ser nenhuma pouca vergonha como tem sido até agora. Pelos bancos nao passará um unico centavo.

Comentário 07.03.2009 - 19h24 - Joe Freitas, USA
O socialismo vai continuar, enquando o dinheiro dos outros durar. Infelizmente para muitos, sera muito tarde. E tu Cavaco se fosses um homem com amor ao teu povo e Pais. Punhas fim a toda esta M***A, em vez de andares a pedir esmola.

Comentário 07.03.2009 - 19h12 - Anónimo, Porto, Portugal
Para quê pôr dinheiro num pais em que os bancos e o Estado não honram os compromissos? Vejam o que se passou com o BPP: mesmo com documentos do Banco a garantir capitais, não paga o que deve aos clientes e anda toda a gente (Banco de Portugal, CMVM, Governo) a olhar para o lado e a fazer de conta que não é nada com eles.

07.03.2009 - 18h58 - Maria Alzira Couto, Dusseldorf, Alemanha
As coisas são assim: Sou trasmontana e em portugal o meu governo pouco faz por nós. Não é por acaso que muito dos emigrantes são de tras-os-montes ou das beiras, não vejo muitos emigrantes originarios de Lisboa... depois quando emigramos, tiram-nos o pouco que temos de ligação à terra: o consulado, os professores de portugues para os nosso filhos e o voto. Que quer o presidente que eu faça? O meu dinheiro vai para Portugal mas é para os meus. O resto, ele que ponha do bolso dele.

Comentário 07.03.2009 - 18h57 - Joe Freitas, USA
Se fosse para bem do povo portugues, isso sim. Mas para dar a malandros estrageiros que voces os politicos da destruicao continuam a aceitar!... Nem mais um centavo.

Comentário 07.03.2009 - 18h55 - José, Coimbra, Portugal
Se eu fosse emigrante, respondia-lhe: queres o meu dinheiro? Ora toma! (como a estátua do Zé, do RBP)

Comentário 07.03.2009 - 18h47 - F.M., Coimbra
Cavaco Silva teve um discurso de pelintra.Os emigrantes,já não devem estar com ouvidos para aturar este palavreado.Estamos na zona Euro,esta conversa de pedincha,já não péga.( desde que é PR,nunca lhe ouvi dizer grande coisa)

Comentário 07.03.2009 - 18h40 - AABdSL, Rio de Janeiro - Brasil
O governo que aproprie-se dos bens da Igreja e deixe os imigrantes em paz.

07.03.2009 - 18h30 - Emigra, Suisse
Quer dizer, nao posso votar, mas para manmarem o meu dinheiro ai ja estao com sorrisinhos e dispostos a falar? Idem mais eh todos para a gran dissima pv.ta que os pa.rio!!!

Comentário 07.03.2009 - 18h28 - Miguel Simöes, Munique, Baviera
Se Portugal estivesse à venda por 1 euro, eu näo o comprava!

Comentário 07.03.2009 - 18h23 - Banqueiro, Escritorio, 9'Andar, Av. Liberdade
Esse banana nao faz nada e ainda vem praqui mendigar... Fds que arrependimento ter votado nesse gaijo. Tambem, em quem mais poderia votar? No velhaco Soares?? Geez nao sei onde iremos parar sinceramente

Comentário 07.03.2009 - 18h05 - Joe Freitas, USA
Este e um caso que se passou comigo em 2006, a ultima vez que fui a Portugal. Eu nao sei se era por haver tanta raiva contra o Bush, ou a soberba europeia com o euro, ninguem queria aceitar as dollars Americanas. Eu fui a um restaurante no dia que cheguei ai, e os putos nao aceitaram as dollars. E para as trocar no banco, tinhamos que pagar 15 por cento. 15 por cento de 10 mil dollars, foi 1500 dollars que eles comeram.

Comentário 07.03.2009 - 18h01 - Joao P., Porto
Com Portugal de novo à beira da bancarrota, dado ter atingido o nível mais elevado de endividamento, só as remessas dos emigrantes poderão salvar o país de uma aterragem abrupta, mais ano menos ano, mais mês menos mês. É pena que, depois das políticas persecutórias do actual Governo PS / Sócrates contra os emigrantes, tenha o Presidente da República de vir pedir mais uma ajuda essencial aos emigrantes, que tanto têm sofrido e cada vez menos têm sido reconhecidos em Portugal. Agora afirmar que o culpado da situação do país é Cavaco Silva só pode resultar de má fé, para induzir todos em engano. Entre 1985 e 1995, quando Cavaco foi Primeiro Ministro, Portugal foi justamente considerado internacionalmente, na União Europeia e pelos economistas mais prestigiados do mundo, como um "milagre económico", devido ao grande crescimento económico em face dos restantes países da Europa e do mundo. Em 1995, não existia praticamente endividamento externo (menos de 7% do PIB). Decorridos todos estes anos, com as sucessivas governações PS, primeiro de Guterres e depois de Sócrates, com o breve interregno de Barroso e Lopes, o endividamento externo português agravou-se mais de 13 vezes! Bancarrota

07.03.2009 - 17h35 - Joe Freitas, USA
Se tivessem feito bom uso do outro, talvez. Mas para ser comido e estragado pela politica de destruicao, nunca mais!!!!!!!!!!!

Comentário 07.03.2009 - 17h30 - Anónimo, Portugal
Será que as múltiplas reformas já estão em causa?.

Comentário 07.03.2009 - 17h26 - José Barros, zurique
o regime nacional cobra impostos por tudo o que é poupança, e o resto vai para os bancos. num país onde eu até tenho de pagar para ter o meu dinheiro no banco, como é que quer que mandemos as poupanças para portugal??? o melhor negócio que um imigrante pode fazer é abrir uma conta num banco estrageiro, e investir lá em aplicaçoes de poupança. terminem com o cartel bancário, aliviem os impostos às poupanças (que é uma estupidez ter um duplo imposto: taxa-se quando se compra, e taxa-se de novo as mais-valias), e verão que o volume de dinheiro a entrar em portugal aumentará a última medida do governo PS com os certificados de aforro, mostra completamente o quao este governo está desinteressado em estimular a poupança das famílias.

Comentário 07.03.2009 - 17h25 - geitoso, da breca, EraOKFaltava(chabregas)
Não entendo nada desta politiquisse!!! O (des)governo aprovou na AR uma Lei que impede os Emigrantes de votarem! Mas agora, o Sr. PR quer os dinheiros dos Emigrantes? Isto fal algum sentido? Por amor de Deus, Excelência...o Sr. nunca, nem nunca mais, convencerá qualquer Emigrante a transferir um cêntimo para Portugal... E eu, tal como muitos " I M I G R A N T E S ", ponho o meu dinheiro lá fora!!! Quando o Sr. correr com o pinóquio e seus muchachos apaniguados, então sim, volte a falar com "E" e "I" migrantes.

Comentário 07.03.2009 - 17h24 - ALBERTO SOUSA, LUXEMBOURG
QUERIA SABER PORQUE NAO PASSM O MEU COMENTARIO

07.03.2009 - 17h23 - qdb, Nenhures
Máximo descaramento. A política neoliberal por ele próprio defendida e instalada, é a causa de todos os problemas actuais de Portugal e a causa da emigração massiva, que é em todos os casos origem de sofrimentos. E este neoliberal convicto e activo permite-se ainda pedir esmolas aos que sofrem, para prosseguir a exploração! Basta

Comentário 07.03.2009 - 17h14 - José Barros, zurique
Caro presidente, nao me descrimine e permita que eu possa votar por correspondência. é que o português com residência temporária no estrangeiro nao tem direito de voto, a menos que pague umas valentes massas e tire férias para voar prá terrianha e mandar mais um voto em branco.

Comentário 07.03.2009 - 16h49 - José, Paris, França
A minha terra é aquela que me dá de comer, esse é o lema dos emigrantes. Filho de pais portugueses, vivi 11 anos em Portugal antes de regressar aquela que é mesmo a minha terra : Paris. Porque razão hei eu de enviar dinheiro ou investir em Portugal? Por amor à camisola? Adoro Portugal, mas prefiro investir na terra onde vivo. Para além do mais, sentimos como uma falta de reconhecimento nós portugueses que vivemos no estrangeiro, principalmente se nos tirarem o direito de voto. Quero poder decidir de quem gasta o dinheiro que invisto, parece lógico! Na minha pequena escala, tudo o que faço é promover Portugal junto da comunidade francofona, com o meu website (...) : prefiro fazer algo de concreto do que dar esmolas.

Comentário 07.03.2009 - 16h38 - eu por cà, França
Eu vivo em França e vivo cà hà 30 anos com uma passàgem por Portugal que durou 4 anos.Eu diria aos emigrantes que nao mandem nenhum dinheiro para Portugal,porque nos somos consideràdos mais estrangeiros na nossa terra do que nos Paises que nos acolheram.Sempre trabalhamos com honestidade e levamos bem alto o nome de Portugal e o nosso Pais o que sempre fez foi desprezàr-nos.Sr Cavaco và trabalhàr voce que nao faz n,ada,so passeia.

Comentário 07.03.2009 - 16h37 - Omar, Lisboa
07.03.2009 - 16h12 - Maria, Bristol, UK-------se não, minha cara , não debite sobre....É mais higiénico da sua parte, não?

07.03.2009 - 16h37 - Lacerda, Munique- Alemanha
O presidente deve viver na Lua. Veio para aqui "choramingar" junto dos alemães e dos portugueses. Os emigrantes hoje mal têm dinheiro para viver aqui quanto mais para sustentar gulosos. Muitos emigrantes estão desempregados, outros esperam pela reforma, muitos mais ganham pouco e a geração de ontem tem filhos crescidos a estudar. Milhares deles procuram o primeiro emprego. A nova geração está-se nas tintas para Portugal. Já lá têm a casa dos pais e Portugal é para Agosto. As remessas que ainda existem são para pagar o resto das dívidas e sustentar os velhotes que estão na miséria pelas aldeias, a receber reformas de 180 euros. O Estado nunca fez nada pelos emigrantes que não fosse pedir-lhes dinheiro. Quando se pede alguma coisa a Portugal, não há, não sabem. Um exemplo: quem de Munique quiser tratar de um documento no Consulado de Estugarda (o único da zona) faz 700 quilómetros, perde um dia de trabalho e paga mais pelo documento do que em Portugal. Felizmente que o consulado é rápido, senão dormia-se lá e o estrago era a dobrar.

Comentário 07.03.2009 - 16h28 - Jorge Ismael Domingues Lourenço, Dublim, Irlanda
Eu sou um Português luso-descendente nascido em França e vivo actualmente na Irlanda. O nosso futuro passa também pelas nossas comunidades no estrangeiro que é a 7ª maior diaspora do mundo. Mesmo longe da família e da sua terra natal, o emigrante não esquece e nunca esquecerá as suas raízes. As nossas comunidades podem ter um papel muitos importantes na exportação e divulgação dos nossos produtos e da nossa cultura como representantes e embaixadores de Portugal no estrangeiro. Para grande pena minha, isso não acontece. Não há uma política concreta para a emigração e isso eu não percebo. Há a sensação que esses Portugueses são cidadãos de 2ª categoria. Não se pode é, ter iniciativas e propostas que tira direitos aos emigrantes como fez recentemente o PS. Está no caminho errado ao meu ver. Temos é, de construir uma ponte forte, sustentável e duradouro entre Portugal e as suas comunidades. Devemos trabalhar todos juntos. Deve haver uma união total entre os Portugueses de dentro e fora de fronteira para vencer essa crise e fazer um Portugal melhor. Esse é o meu objectivo e é por isso que milito entre outras razðes no MEP (Movimento Esperança Portugal).

Comentário 07.03.2009 - 16h22 - F Ribeiro, Maia
Não sou nem nunca fui emigrante, mas acho que os nossos políticos já perderam totalmente a vergonha e o sentido do ridículo com estas atitudes. Por razões que nem vale a pena enumerar, de tão conhecidas que são. Triste país este... Mas a culpa acaba por ser de nós todos, que consentimos que as coisas chegassem a este ponto, deixando-nos adormecer, anestesiar, com futebol, novelas e reality-shows. Ainda por cima estamos sempre a escolher os mesmos. Porque diabo não temos coragem para dar a vez a outros? De que temos medo, afinal?

Comentário 07.03.2009 - 16h12 - Maria, Bristol, UK
Estou em Iglaterra ha ja uns anitos e a unica vez em que me senti humilhada foi no consulado portugues em Londres. Vim ha procura de melhores condicoes de vida e encontrei o lugar onde eu adoraria ter nascido. Encontrei trabalho, respeito e dignidade. Portugal so para matar saudades da familia, amigos e do sol. Lamento dizer que nao ao seu pedido, sr presidente, mas se um dia conseguir o milagre de fazer com que os emigrantes tenham orgulho no seu pais, eu, pessoalmente, pensarei no seu caso, combinado?

Comentário 07.03.2009 - 15h56 - vg, oeiras
Sim,oferece-lhe certificados de aforro a 1,5% liquido.Politicos palhaços..

07.03.2009 - 15h50 - Assim, como quem não quer a coisa
Os políticos primeiro c......gam em cima dos emigrantes ,como fazem aliás em cima de todo Zé Povinho. Fecham-lhe consulados ,querem retirar-lhes direito a votar e depois vêm pedir-lhes batatinhas. Não precisam senhores políticos e bem o sabem. Só o estão a fazer em mais uma operação de marketing para inglês ver porque não vos ocorre mais nada nesses cérebros brilhantes. Como se fosse preciso serem vocês a apelerem aos nossos compatriotas que estão fora para mandarem divisas para a família ou para conseguirem comprar um pedacinho,uma casinha ou um pequeno negócio pra poderem regressar ao torrão que amam muito mais que vocês. Sempre ajudaram e vão continuar a ajudar ,dêm-lhes condições para isso e deixem-se de de vender banha da cobra.

Comentário 07.03.2009 - 15h42 - Omar, Lisboa
HI............A Xuxalaria em estado de indignação.....UAU !!!!!Então meus senhores, é verdade ou não que SEMPRE, MAS SEMPRE apelamos às remessas dos nossos emigrantes para ajudar a equilibrar as nossas finanças?? É-O. E VCs sabem-no bem....Quer-se dizer: para mandarem as suas poupanças para cá, são bemvindos e amados 8 os emigrantes)...ma spara elitores, que se lixem?? O Ps É MESMO UM LIXO DE IDEIAS SÉRIAS....

Comentário 07.03.2009 - 15h24 - rodrigues, frança
Esse Senhor que esta hoje a censurar os comentarios dos emigrantes que estao a reagir a um pedido de ajuda devia ganhar 420 euros por mes,certamente nao censuraria mas estaria do lado da estupefacçao dos emigrantes.estou enervado de ver que ha gente tao mesquinha.

Comentário 07.03.2009 - 15h17 - Anónimo, Burriqueime
compre uma gabardina branca como a do Soares em 1976 e comece a pedir esmola pela Europa

Comentário 07.03.2009 - 15h08 - Anónimo, Genève-CH
Deve estar a brincar! Quando venderam Portugal a UE (fim da independência nacional) pediram autorização aos portugueses por referendo? Senhor Presidente da Província portuguesa da UE e região Espanhola queira fazer pedido de dinheiros aos seus "patrões" da UE e se tiver problemas de dinheiro quando acabar o seu mandato recomendo-lhe de ir escovar sapatos aos seus amigos espanhóis! Este pedido de Cavaco é o pior descarado assunto que li depois do 25 de Abril de 74! Entregaram as colonias de mão beijada venderam o país à CEE – UE forçam os portugueses a emigrar (salário mínimo nacional miserável...) e agora ainda têm lata de lhes vir pedir dinheiro?

07.03.2009 - 15h06 - A.rodrigues, frança
Sou emigrante e acabo de ser censurado no meu comentario;esperem toda a vida e mais seis meses para que eu mande um centimo de euro para portugal sobretudo que nem a liberdade de nos exprimir nos deixam.

Comentário 07.03.2009 - 14h57 - Armando Madeira, Puteaux França
O Senhor Presidente da Républica deve andar a sonhar alto. E' pela estima que o governo tem pelos emigrantes que levara estes a se comoverem com làgrimas de corcodilo. A metade da reforma que o governo tira aos emigrantes, todos os meses, dos anos trabalhados em Portugal, jà é um bom contributo. Eu digo tirar mas a palavra corecta era dizer: ROUBAR

Comentário 07.03.2009 - 14h55 - CM, Ovar
V. Exa como professor de economia e PR, talvez tivesse a obrigação também de equacionar a hipótese da criação, infelizmente só actualmente em voga e ainda por uns poucos, da figura do Good bank e não se preocupar em, eventualmente, deixar cair os Bad bank, com ou sem riscos sistémicos, que muitas vezes se confundem como numa natural protecção a clientes vários. Claro que tinha de pensar também nas disparidades nos juros activos e passivos e também dar mais atenção a acontecimentos recentes como nos C.A., por exemplo. Mas sabe-se que a situação é extremamente complicada, mas convinha que fosse rapidamente ultrapassada...

Comentário 07.03.2009 - 14h54 - Amadis de Gaula, Luxemburgo
ajudem os Portugueses radiacados no Luxemburgo porque o Consulado envergonha-os ! Mandem-nos trabalhar, os do Consulado!

Comentário 07.03.2009 - 14h53 - viriato, Paris
eu já escrevi o meu comentário. Muito mais poderia escrever mas outros leitores, emigrantes como eu, escrevem o mesmo que eu penso, ou seja muito mal de quem governa Portugal, que também é o nosso país. Se precisa de dinheiro, comece por mandar vender os jipes, e as vivendas com piscina adquiridas graças ao dinheiro que devia servir para desenvolver Portugal, senão, se têm fome , comam as novelas e os jogos de futebol porque nós trabalhamos para o ganhar, não adamos nos cafés nem nas pastelarias dos centros comerciais todo o dia . E ACHO QUE O PUBLICO DEVIA ENVIAR ESTES COMENTÁRIOS TODOS PARA BELEM E SÃO BENTO !

07.03.2009 - 14h52 - Amadis de Gaula, Setúbal
tem pinta de Salazar.
Comentário 07.03.2009 - 14h50 - Amadis de Gaula, Setúbal
fdp !

Comentário 07.03.2009 - 14h42 - Anónimo, Porto
Diz o sr. Presidente precisa da ajuda dos que saíram dos país em busca de melhores condições. Ou seja, precisa da ajuda daqueles que não conseguindo vingar nesta terra onde só a ervas daninhas vingam... e que tiveram que sair por causa dessas mesmas ervas daninhas que não os deixavam crescer... tiveram que procurar outras paragens. Tiveram que suportar a solidão, a incerteza, o abandono a que o país os vetou... e foram vingar noutro sítio. E agora quer que os que foram "escorraçados" contribuam para salvar esta porcaria de país, para que este ciclo vicioso continue? Sou um daqueles que vai ter que emigrar... não por querer, mas por ter que ser. Este sr. acha que mando para aqui alguma coisa?!? Este país tem é que ir ao fundo, para ver se os ratos abandonam o navio. Ainda por cima com tanto off-shore para pôr o dinheirinho...

Comentário 07.03.2009 - 14h41 - emigrante , suiça
Queres dinheiro? vai pedir ao dias loureiro

Comentário 07.03.2009 - 14h39 - viriato, Paris
deve estar a sonhar alto. Que peça o dinheiro àqueles de quem ele é presidente porque que eu saiba, os emigrantes nem sequer têm o direito de o eleger, e que peça também o dinheiro àqueles que tanto mal-tratam os emigrantes quando vêm a Portugal no verão, a começar pelos funcionários públicos que até parece que têm prazer em complicar a vida de quem anda o ano todo a trabalhar no estrangeiro. Os mais jovens, há muito que desprezaram Portugal considerando-o um país atrasado, que vive de novelas e de futebol, e poucos ou quase nenhum envia dinheiro para Portugal, como faziam os pais deles. O dinheiro que ainda entra é mais das reformas do que dos emigrantes actuais, e isso o PR já o sabe, que mais não fosse porque quem vivia à custa do dinheiro do "emigra" já percebeu que a mina de ouro acabou. Milhares de portugueses emigram para Espanha trabalhar nas obras, porque acabou a construção de casas de emigrantes, os vendedores de apartamentos em empreendimentos turísticos há muito que não vêm a cor ao dinheiro do "emigra", isso tudo porque o "emigra" actual, categoria à qual eu pertenço, fartou-se de ser maltratado no verão. Agora chupem no dedo, porque o nosso dinheiro não voltam a ver

07.03.2009 - 14h35 - Miguel, Helsínquia, Finlândia
Desculpa lá ó Sr. Presidente, mas nem penses! Da maneira como está o Banco de Portugal e a PJ aí, prefiro depositar dinheiro em países com regulação a sério, como a Finlândia.

Comentário 07.03.2009 - 14h33 - A. rodrigues, frança
Pois é depois do 25 de abril a economia funcionava enormemente com os dinheiros dos emigrantes,porque o Estado Portugues e os bancos davam juros consequentes para que nos enviasse-mos dinheiro para Portugal,depois quiseram a uniao europeia e seguidamente a moeda unica receberam milhoes da cee para desenvolver a economia mas como nada foi regulado e controlado ou muito pouco meteram o dinheiro em vivendas carros jippes etc e agora pede ajuda aos emigrantes? eu investi dinheiro ai e so tenho é pago impostos nunca mais vou mandar um tostao para Portugal o contrario sim vou vender o que la tenho e nunca mais meto la um tostao enquanto a corrupcçao nao acabar;adoro o meu Pais mas esses politicos detesteos.Ele Presidente que comece por abdicar das varias reformas que recebe que de o exemplo,o ordenado de Presidente ja é um balurdio.

Comentário 07.03.2009 - 14h32 - V Fernandes, Lisboa
Ele devia era dizer: Portuguese, já não há milagre que vos salve; vejam é se começam a trabalhar!

Comentário 07.03.2009 - 14h24 - Sem Abrigo, Debaixo da ponte
Anda a pedir esmola, o nosso PR??

Comentário 07.03.2009 - 14h23 - Fernando Silva, Almada
Este sr. presidente é o fim da picada.... Deve estar preocupado que lhe falta para as três reformas que já possui! Fora o vencimento do cargo actual, ajudas de custo, passeios,etc e, claro está mais uma reforma choruda após o termo do presente "mandato".... É preciso "lata" ou como0 dizem nos EUA, é preciso nervo!? Que país é este?

07.03.2009 - 14h15 - peter pan, berlim
2,5 % da me o ING na alemanha no deposito sempre disponivel. Que se Fxxx o cavaco. era o que faltava mandar dinheiro para a CGD e receber quase zero de juros....isso é ke era bom Oh Luciano, espero que lhe tenham dado um cafezinho e um bolinho no aviao. já agora era um aviao em bom estado ou uma lata velha ?

Comentário 07.03.2009 - 14h12 - carlos Silva, Coimbra
Antes de V. Exª. apelar ao dinheiro dos emigrantes, ajude a credibilizar as instituições bancárias, que estão pela "hora da morte". Ponha ordem neste governo e neste país. Afaste-se dos que estão envolvidos nestes escândalos. O caso BPP, está a ser conduzido pelo governo, de uma forma injusta e escandalosa. POR FAVOR; SR PRESIDENTE DA REPUBLICA, INTERVENHA URGENTEMENTE. A maioria dos portugueses têm muita estima por V. Exª. ,pela sua conduta e pelos seus valores morais, não deixe abalar a sua credibilidade e ponha esses valores, que já são raros, ao serviço do país. NÃO DEIXE IR O PAÍS PARA O ABISMO. A única esperança dos portugueses sérios e conscientes está em V. Exª.

Comentário 07.03.2009 - 13h49 - Hilário Rico, perguntador
Mensagens de há trinta anos atrás? Não é a isso que as autoridades alemãs (e estou a citar) chamam «um bruxedo»?

Comentário 07.03.2009 - 13h49 - Portuguesa, Londres
Somos mal tratados nos Consulados, esperamos meses por um bilhete de identidade/passaporte, etc. Não temos nenhum tipo de apoio quando é necessário. O Governo não faz nada para melhorar esta situação, muito pelo contrário! Mas para “mandar dinheiro para Portugal” já servimos!! Realmente os políticos portugueses têm muita pouca vergonha na cara!

Comentário 07.03.2009 - 13h47 - Ibn-Harrik, Zamora
Sr. Presidente Cavaco Silva, como diz o adágio popular : - « Tarde piaste !» Agora com o euro, e a actual acilidade de transferências de dinheiro, quem vai transferir as suas "massas" para Portugal ? Porquê ? Qual a razão ? Quais as vantagens ? Os emigrantes não são a Santa Casa da Misericórdia !

07.03.2009 - 13h42 - Nuno, Irlanda
Com as taxas de juro irrisórias que os bancos Portugueses oferecem, vou ter de deixar as minhas poupanças aqui pela Irlanda.

Comentário 07.03.2009 - 13h35 - Anónimo, Lisboa Portugal
Este é o partido político que cavaco ajudou a construir, e se o insulto não é grave nem penalizado, na mais importante instância do estado, e bom para a democracia, dirigir as mesmas palavras a quem fundou este partido também é bom para a democracia. Bons exemplos dados aos cidadões, assim e citando o jornal publico: " No registo televisivo, embora não conste da transcrição oficial, ouve-se José Eduardo Martins dizer: "Vai para o c..." Segundo o testemunho de vários deputados ao PÚBLICO, também terá chamado "bandalho" e "filho da p..." a Afonso Candal]. Vergonha

Comentário 07.03.2009 - 13h35 - Sabrina de Sousa, Lisboal
Cavaco Silva está desfazado no tempo. Os emigrantes, tal como nós por cá, já estão a sofrer os efeitos da crise e, portanto, o dinheiro não abunda. Aliás, a emigração, hoje em dia, é boa para conseguir emprego e um nível de vida superior ao de Portugal mas já não é aquela árvore de patacas que foi nos anos 60 do século passado. Como economista, como funcionário do Banco de Portugal e como PR, Cavaco devia saber isso. O que Cavaco deve fazer é apelar para os endinheirados portugueses investirem em Portugal, em actividades que produzam bens que evitem a sua importação.

Comentário 07.03.2009 - 13h31 - Tomé, Portugal
E o desprezo que o governo de Portugal tem pelos imigrantes, isso não conta? Quem assinou para fechar consulados, obrigando as pessoas a percorrer centenas de quilómetros para adquirirem um modesto documento.

Comentário 07.03.2009 - 13h26 - Observador, bem colocado
Reproduzindo mensagens de há trinta anos atrás o professor até é capaz de imaginar que está avançado no tempo. E ninguém se queixa. Bom proveito!
Imagem
Sou capaz do melhor como do pior, mas no pior, sou eu o melhor !
Avatar do Utilizador
Viriato
Manda chuva
Manda chuva
 
Mensagens: 3077
Registado: Segunda-Feira 8 Outubro 2007, 16:38
Localização: Cidade Luz

Re: Cavaco apela ao dinheiro dos emigrantes

Mensagempor Scalabis » Domingo 8 Março 2009, 12:48

Alguém pode fazer um apanhado da conversa... não consegui ler até ao fim, devo andar a precisar de oculos, começa-me a vista a chorar :roll:

Mas ainda ontem eu ouvi o Anibal a dizer que fará tudo para que os além fronteiras possam fazer o seu dever civico, ou seja... votar nele :mrgreen:
Imagem

Imagem Imagem
Avatar do Utilizador
Scalabis
Alexandre, o grande
Alexandre, o grande
 
Mensagens: 1385
Registado: Quinta-Feira 11 Outubro 2007, 22:17
Localização: Santarém Ribatejo Portugal

Re: Cavaco apela ao dinheiro dos emigrantes

Mensagempor Arp » Domingo 8 Março 2009, 13:02

Viriato Escreveu:comentários no jornal " o Publico "

está tudo dito !


Porra, Vivi, com esta deixaste o ZZ a milhas. :grin:
O saber, o aprender o novo, só não encontra espaço em cabeças que já estão cheias, principalmente de ideias preconcebidas.
Arp
Avatar do Utilizador
Arp
Sargento-mor
Sargento-mor
 
Mensagens: 3414
Registado: Sábado 13 Outubro 2007, 14:02

Re: Cavaco apela ao dinheiro dos emigrantes

Mensagempor Arp » Domingo 8 Março 2009, 13:10

Scalabis Escreveu:Alguém pode fazer um apanhado da conversa...


Como é que tu queres que alguém te resuma os comentários de mais de 130 tugas, ainda por cima sendo p’rái mais de 90% emigrados? :whistle:
O saber, o aprender o novo, só não encontra espaço em cabeças que já estão cheias, principalmente de ideias preconcebidas.
Arp
Avatar do Utilizador
Arp
Sargento-mor
Sargento-mor
 
Mensagens: 3414
Registado: Sábado 13 Outubro 2007, 14:02


Voltar para Economia

Quem está ligado:

Utilizador a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante

cron