GLAMOUR FRANCÊS

Re: GLAMOUR FRANCÊS

Mensagempor Viriato » Segunda-Feira 14 Janeiro 2008, 23:16

olha,
vai-te foder, tu e os brazucas de merda , teus amigos, onde foste copiar este texto ( a palavra banheiro, por exemplo )
nunca vi tanta mà fé junta , que sò pode ser justificada por uma enorme inveja

afirmar que hoje, em 2008 os franceses não têm banheiras, não se lavam, mas que os brazucas nas favelas e os tugas nos bairros de lata tomam banho todos os dias

vocês não passam de uns ranhosos, invejosos de tudo o que a França fez, e de tudo o que vocês foram incapazes de fazer !

em 1945, depois da partida dos Nazis, a França era um país que não tinha nada quase nem havia de comer, um país onde se vivia muito mal, muito pior do que em Portugal ou no Brasil.
Recusaram a "colonisação americana/plano marshall" e depois dessa data , fabricaram carros, televisões, bombas atómicas, centrais nucleares, submarinos nucleares, foguetões , satélites, fábricas de tudo e mais alguma coisa , transformaram-se numa das 7 primeiras potências Mundias, e não foi graças a subsídios europeus ,
enfim, fizeram tudo os que ostugas nunca foram capazes de fazer.
mas durante esse tempo os tugas e os brazucas devem-se ter afogado nas banheiras onde tomam banho aos Domingos ( mas à condição que seja também feriado ) porque conseguiram a proeza de se transformarem em dois países de merda do terceiro-mundo !

até no futebol vos enrabam, tanto uns como os outros, porque Portugal acumula derrotas frente à França desde 1975 e o Brasil não vence a França em jogo oficial desde 1958, somando derrotas nos Mundiais de 1986,1998,2006 e na Taça das Confederações !

existem 1000 razões para ser francês e outras tantas para não ser português e ainda menos brazuca !
Imagem
Sou capaz do melhor como do pior, mas no pior, sou eu o melhor !
Avatar do Utilizador
Viriato
Manda chuva
Manda chuva
 
Mensagens: 3077
Registado: Segunda-Feira 8 Outubro 2007, 16:38
Localização: Cidade Luz

Re: GLAMOUR FRANCÊS

Mensagempor zézen » Segunda-Feira 14 Janeiro 2008, 23:21

Estive a ver se encontrava a "arma" secreta do Arp que deu para "esquentar" o nosso Astérix.Aìnda não a encontrei mas, se calhar é porque estou distraìdo. :whistle:
Entretanto aproveito para ir tomar um banhinho antes de ir prà deita :mrgreen:
a.o.s., foi, é, e serà sempre, um F.D.P.
Avatar do Utilizador
zézen
tem opinião sobre tudo, e sobretudo opinião
tem opinião sobre tudo, e sobretudo opinião
 
Mensagens: 5151
Registado: Sexta-Feira 12 Outubro 2007, 17:10
Localização: Cidade cinzenta

Re: GLAMOUR FRANCÊS

Mensagempor zézen » Segunda-Feira 14 Janeiro 2008, 23:30

Olha là ò Astérix :o ))))))))))))))))))))
Tens a certeza que os monos não te espetaram uma multa por alta velocidade ? Ou é o Sarko que te paga para dizeres mal da malta. ? :P
Que defendas o paìs de acolhimento é normal, o que é menos normal é o insulto aos outros.
E... para terminar em futebol, fica bem, que eu benfico.
Vê là se deixas de fumar e se começas a meditar.
Meditemos hermanos :mrgreen:
a.o.s., foi, é, e serà sempre, um F.D.P.
Avatar do Utilizador
zézen
tem opinião sobre tudo, e sobretudo opinião
tem opinião sobre tudo, e sobretudo opinião
 
Mensagens: 5151
Registado: Sexta-Feira 12 Outubro 2007, 17:10
Localização: Cidade cinzenta

Re: GLAMOUR FRANCÊS

Mensagempor Reboredo » Terça-Feira 15 Janeiro 2008, 00:51

Viriato escreveu:

olha,
vai-te foder, tu e os brazucas de merda , teus amigos, onde foste copiar este texto ( a palavra banheiro, por exemplo )
nunca vi tanta mà fé junta , que sò pode ser justificada por uma enorme inveja


Meu caro Viriato,

o conjunto de reacções observáveis no homem e nos animais, resultantes da experiência individual anterior e que não são estereótipo da espécie.

Viriato escreveu:

afirmar que hoje, em 2008 os franceses não têm banheiras, não se lavam, mas que os brazucas nas favelas e os tugas nos bairros de lata tomam banho todos os dias


Meu caro Viriato,

Curiosidades dos anos 1600 a 1700. O ano de 2008 é 408 ou 308 anos mais tarde.


Viriato escreveu:

em 1945, depois da partida dos Nazis, a França era um país que não tinha nada quase nem havia de comer, um país onde se vivia muito mal, muito pior do que em Portugal ou no Brasil.


Recusaram a "colonisação americana/plano marshall" e depois dessa data , fabricaram carros, televisões, bombas atómicas, centrais nucleares, submarinos nucleares, foguetões , satélites, fábricas de tudo e mais alguma coisa , transformaram-se numa das 7 primeiras potências Mundias, e não foi graças a subsídios europeus ,
enfim, fizeram tudo os que ostugas nunca foram capazes de fazer.


Meu caro Viriato,

Os tugas, os africanos, os árabes-muçulmanos, os harkis, etc., etc., contribuiram para tudo isso e como lhes pagou o estado francês?

"Na história da libertação francesa, um episódio sempre foi esquecido : o dos soldados recrutados nas colonias francesas que lutaram contra o nazismo na Segunda Guerra Mundial. Além de esquecidos, esses 130 mil soldados, cuja maioria morreu nos campos de batalhas, muitas vezes como bucha de canhão, sofreram humilhações e mesmo massacres no seu retorno às antigas colônias, enquanto se procurava evitar qualquer relacionamento deles com as mulheres francesas.

O cineasta argelino Rachid Bouchareb, depois de ter colhido depoimentos de antigos combatentes, conta essa epopéia no filme Indigènes, como eram chamados os norte-africanos pelos oficiais franceses, que exploravam seus feitos heróicos mas lhes negavam a igualdade com os soldados franceses.

Um desses soldados, no seu retorno, tornou-se o líder revolucionário da independência da Argélia. Foi isso que inspirou Rachid Bouchareb a contar essa história que, ao mesmo tempo, mostra aos filhos da imigração norte-africana na França terem seus avós ou pais vertido o sangue por esse país. Um episódio que o colonialismo francês tentou apagar da história."

"um dos pontos mais desconfortáveis da História Recente da França: os harkis, árabes que lutaram ao lado dos franceses durante a Guerra da Independência da Argélia e que no final foram abandonados por estes. Milhares destes tiveram seu visto negado na França(Militares fizeram embarques clandestinos destes) e, vistos como traidores na Argélia, foram mortos. A grande parte dos que conseguiram chegar à França foram para campos de refugiados em condições miseráveis. O anúncio de indenizações às vítimas é pertinente."

"De 1960 à 1973, 1,4 millions de Portugais quittèrent le Portugal. La principale destination de cette vague d’émigration fut la France : entre 1958 et 1974, le nombre de Portugais en France passa d’environ 20 000 personnes à plus de 700 000 en 1974. De quelques centaines d’entrées seulement dans les premières années 1950, ce chiffre s’éleva à 18 820 en 1961, 66 646 en 1966, 138 677 en 1970. Malgré les difficultés de quantification des flux d’émigrés, tant furent nombreux ceux qui quittèrent le Portugal clandestinement et que tous ne restèrent pas longtemps à l’étranger, on peut évaluer à environ un million le nombre de Portugais qui, entre 1958 à 1974, vinrent en France."

Como alojou a frança os emigrantes portugueses nos anos 60? ETC., ETC. e TAL

Um abraço Viriato,

Reboredo
Sempre sempre não, mas sempre sempre até é bom.
Avatar do Utilizador
Reboredo
Furriel
Furriel
 
Mensagens: 1175
Registado: Quinta-Feira 11 Outubro 2007, 18:23
Localização: Brx.

Re: GLAMOUR FRANCÊS

Mensagempor Arp » Terça-Feira 15 Janeiro 2008, 00:59

Viriato Escreveu:essa do banho é mesmo de brazuca, a quem alguém falou do rei Sol , o brazuca pensou que era Louis cruz i vê , ou Louis xis traço vê , ouviu falar em perfumes e como não percebeu mais nada continua a pensar que no século XXI os franceses vivem em favelas e lavam-se quando chove !

no século XVII tomar banho era um privilégio da corte, e o Rei tomava banho todos os dias e ............. em publico !
se um dia visitares Versailles, poderás visitar os apartamentos do Rei onde te explicam isso tudo !
o Rei Sol tinha o hábito de se perfumar como um paneleiro, mas também de cagar onde lhe apetecesse, no meio de uma sala ou atrás de uns cortinados, mas era o Rei mais poderoso que alguma vez a França teve e nunca ninguém teve coragem de o contrariar !


se os brazucas não arrastassem tanta estupidez, porque apenas os brazucas se ridiculizam dessa maneira, saberiam que Paris foi uma das primeiras cidades a ter água e gás em todos os andares nos prédios de habitação !

claro está que aqui a gente lava-se todos os dias contrariamente aos portugueses que têm o hábito de apenas se lavar ao Domingo ( e também de mudar de roupa interior nesse dia, e para confirmar é entrar num café tuga à semana e sentir o cheiro a "leão" )

nas aldeias portuguesas é fácil saber a que ritmo os tugas tomam banho , basta contar o numero de garrafas de gás e de sabonetes que eles compram !

eu sei que muitos portugueses não se lavam porque não têm dinheiro para pagar o gás para aquecer a água, mas dai a levantar boatos de merda, sem nenhum fundamento, sobre um povo que mal conhecem, é mesmo foleiro , desculpa que to diga, e até me admira muito tal coisa vir de ti !

vivo aqui há 33 anos e nunca vi um povo tão asseado, ao ponto de até as estações de serviço estarem equipadas com duches para que quem conduz muito tempo, camionistas por exemplo, se possam lavar . Como isso não existe em Portugal, imagina o cheiro a leão de quem anda todo o dia a conduzir, sobretudo no verão ao calor............ e depois os franceses é que não se lavam !

desiludiste-me muito com esta boca foleira
se me disseres verdades podes dizer o que quiseres que nunca levarei a mal, mas inventares merdas, sem pés nem cabeça, é coisa que eu detesto, sobretudo para atacarem o único país que me permitiu de fazer algo na vida,

porque se estivesse à espera de Portugal, estava desgraçado como a maioria dos que ainda là vivem, que chegam aqui todos os dias às carradas a fugir a miséria portuguesa, mas com dificuldades porque quase nenhum fala francês ( dedicaram-se ao inglês e sendo assim a gente aconselha-os a irem até Inglaterra) e não conseguem arranjar trabalho aqui , como é lógico , porque é que haveriam de contratar um português que não fala uma única palavra de francês , quando chegam milhares de Romenos, Bulgaros ou Polacos a falar francês quase perfeitamente ???


Sabes perfeitamente que não tomavam banham quando chovia. À época fugia-se da chuva porque fazia mal, mas, concedo, não só em França.

Não percebi essa dos brazucas, mas tu lá deves ter as tuas razões contra eles. Se ao menos os conhecesses tão bem como eu conheço os franceses...

Entretanto e pelo que concerne à verdade...


Par exemple Louis XIV a prit son premier BAIN à l’age de 7 ans.
On ne se baignait pas “très souvent”, on considérait l’eau comme un possible DANGER pour la santé et la vie d’un homme. L’eau pouvait entrer dans les pores et ainsi dans le corps; à cause d’un bain on pouvait même mourir. Pour contrecarrer les “éventuelles” odeures on utilisait de larges quantités de parfums. Pour le visage et les cheveux on utilisait une sorte de poudre qui avait un double rôle, d’un côté comme moyen esthétique – pour estomper le naturel, d’autre côté pour protéger contre les microbes de la natures, comme un possible système immunitaire. Dans la même catégorie entre une autre mixture, spécialement réalisée, faite de coquillages brisés, cuivre, graisse et épices, qu’on devait appliquer sur la peau pour se protéger de l’eau qui pouvait entrer dans le corps:exemple la pluie.

http://www.e-scoala.ro/Franceza/anthropologie.html

Jusque dans les années trente, de nombreuses municipalités subventionnent et créent des bains publics alors que dans les logements luxueux, la salle de bains est devenue aussi commune que la cuisine.
En 1962, 29 p. 100 des foyers disposent d’une baignoire ou d’une douche, 48 p. 100 en 1968, 85 p. 100 en 1990. Aujourd’hui 44 p. 100 des Français se lavent tous les jours et 50 p. 100 se lavent entièrement plusieurs fois par semaine, mais 26 p. 100 se baignent ou se douchent chaque jour. Et encore y a-t-il des nuances à apporter selon les catégories socioprofessionnelles, les régions et le sexe : 39 p. 100 des femmes prennent un bain ou une douche quotidienne contre 19 p. 100 des hommes.

http://fr.ca.encarta.msn.com/encnet/ref ... 38898&pn=2


...e pelo que concerne às bocas foleiras...

Une autre liberté permise pendant le Moyen Âge c’etait L’AGRESSIVITÉ – elle était une chose bien normal et commun. Elle n’était pas contrôlée, au contraire, elle était librement exprimée et l’ivresse représentait la plupart des fois une justification pour un tel comportement.

http://www.e-scoala.ro/Franceza/anthropologie.html


...mas estou crente que, em contacto com tão civilizada gente, em breve estarás de retorno ao século XXI (atenção, não é cruzinha, cruzinha, "i" grande, é 21 ou, se preferires, vinte e um).

Como já alguém te disse por aqui, muito antes de tu pores os pés pela primeira vez em França, já eu estava farto de mijar nas esquinas de Paris e antes de tu saberes o significado de “très souvent” já eu falava francês pelos cotovelos. Estou certo de que hoje o falas e escreves bem melhor do que eu, mas a prática e a falta dela fazem as suas diferenças.
De História de França em especial, e Universal em geral, já demonstraste que ainda estás muito cru.

Prontos... vai lá tomar banho e aproveita para lavar a boca.
O saber, o aprender o novo, só não encontra espaço em cabeças que já estão cheias, principalmente de ideias preconcebidas.
Arp
Avatar do Utilizador
Arp
Sargento-mor
Sargento-mor
 
Mensagens: 3414
Registado: Sábado 13 Outubro 2007, 14:02

Re: GLAMOUR FRANCÊS

Mensagempor XôZé » Terça-Feira 15 Janeiro 2008, 01:06

Reboredo Escreveu: "Na história da libertação francesa, um episódio sempre foi esquecido : o dos soldados recrutados nas colonias francesas que lutaram contra o nazismo na Segunda Guerra Mundial. Além de esquecidos, esses 130 mil soldados, cuja maioria morreu nos campos de batalhas, muitas vezes como bucha de canhão, sofreram humilhações e mesmo massacres no seu retorno às antigas colônias, enquanto se procurava evitar qualquer relacionamento deles com as mulheres francesas.

O cineasta argelino Rachid Bouchareb, depois de ter colhido depoimentos de antigos combatentes, conta essa epopéia no filme Indigènes, como eram chamados os norte-africanos pelos oficiais franceses, que exploravam seus feitos heróicos mas lhes negavam a igualdade com os soldados franceses.

Um desses soldados, no seu retorno, tornou-se o líder revolucionário da independência da Argélia. Foi isso que inspirou Rachid Bouchareb a contar essa história que, ao mesmo tempo, mostra aos filhos da imigração norte-africana na França terem seus avós ou pais vertido o sangue por esse país. Um episódio que o colonialismo francês tentou apagar da história."


Um abraço Viriato,

Reboredo


Eu vi esse filme com o meu filho que na sua juventude dos 14 anos reforçou a sua ideia de desconfiança relativamente ao papel que os franceses tiveram durante a II guerra mundial.

Esse filme se não é cruel, será pelo menos incómodo para as consciências francesas.

Acho até que nós os portugueses durante a guerra colonial não chegámos tão longe no desprezo relativamente aos africanos que combateram ao nosso lado.


Quanto às questões de higiene em França na época que o Viriato realça, sugiro-vos que vejam este excelente filme:

:arrow: http://www.youtube.com/watch?v=6NQsCG1NwYg
Imagem
Avatar do Utilizador
XôZé
Mouro
Mouro
 
Mensagens: 5218
Registado: Sexta-Feira 12 Outubro 2007, 02:12

Re: GLAMOUR FRANCÊS

Mensagempor rjmoreira » Terça-Feira 15 Janeiro 2008, 12:26

Só sei que o Viriato é um Patriota desnaturado!

Vir comprar tabaco a Espanha quando podia ter contribuido com mais uns €r€os pro anel da Bruni!!!
Sinceramente Viriato. Desiludiste-me...
Se dou erros, a culpa foi e será dos professores - Ricardo Moreira / 2006
Imagem
Imagem
rjmoreira
Sr. Professor Doutor
Sr. Professor Doutor
 
Mensagens: 951
Registado: Quinta-Feira 11 Outubro 2007, 22:41
Localização: Águeda - PORTUGAL

Re: GLAMOUR FRANCÊS

Mensagempor Reboredo » Terça-Feira 15 Janeiro 2008, 12:30

Como eu lamento não saber olhar para as coisas a :lol: :lol: :lol: como muito bem faz o rj. :x :x
Sempre sempre não, mas sempre sempre até é bom.
Avatar do Utilizador
Reboredo
Furriel
Furriel
 
Mensagens: 1175
Registado: Quinta-Feira 11 Outubro 2007, 18:23
Localização: Brx.

Re: GLAMOUR FRANCÊS

Mensagempor zézen » Sexta-Feira 18 Janeiro 2008, 07:34

No total há 2 Utilizadores online :: 1 Registados, Nenhum Invisível e 1 Visitante (Esta informação é baseada nos Utilizadores Activos nos últimos 5 minutos)


Ainda hà gente que se levanta cedo ! :mrgreen:



Vai trabalhar malandro :o )))))))))))))))))))))))
a.o.s., foi, é, e serà sempre, um F.D.P.
Avatar do Utilizador
zézen
tem opinião sobre tudo, e sobretudo opinião
tem opinião sobre tudo, e sobretudo opinião
 
Mensagens: 5151
Registado: Sexta-Feira 12 Outubro 2007, 17:10
Localização: Cidade cinzenta

Anterior

Voltar para Insólito

Quem está ligado:

Utilizadores a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 2 visitantes

cron